A IMPORTÂNCIA DA COMUNICAÇÃO NOS DIAS ATUAIS

Tempo de leitura: 1 minuto

O mundo hoje está dividido em dois grandes blocos: pessoas que falam em público  e  pessoas que não falam em público.

As pessoas comunicativas levam vantagens em relação às tímidas.

Quantas oportunidades perdemos na vida por causa da timidez?

Imagine-se no lugar do dirigente de uma empresa selecionando um profissional para compor sua equipe. Entre os candidatos a serem selecionados, estão um tímido e outro comunicativo.

Qual deles você selecionaria?

Com toda certeza, o candidato mais extrovertido, não é verdade?

Nessa conturbada vida moderna e nesse mercado corporativista, a cada instante que passa, surge a oportunidade de nos comunicarmos em público.

Tal oportunidade está presente em todas as atividades, numa época em que a busca por uma profissão de destaque exige essa imposição de naturalidade na fala em qualquer profissão.

É óbvio que a necessidade de falar em público se agiganta à medida que vamos galgando posições de liderança na sociedade, nas organizações públicas e privadas e mesmo como autônomos.

Desta forma, todos os profissionais, indistintamente, devem estar preparados para se apresentar em público com naturalidade e prazer, ao invés dos atropelos do nervosismo e do pavor.

Vale salientar que falar em público não é só pedir a palavra e fazer um discurso “sem eira nem beira”, com palavras soltas e desencontradas.

Falar em público é interagir e manter uma comunicação efetiva com os ouvintes, transmitindo todas suas ideias e pensamentos, com um objetivo claro e sem ruídos na comunicação.

Apresentar-se em público é convencer os ouvintes. É dominar bem o assunto que está expondo. É falar para uma plateia como se estivesse falando com muita naturalidade, para um grupo de amigos.

Lembre-se que: “A grandeza de um homem se mede pelo sua capacidade de comunicação” (Michael Quoist).